Teaching Mission Translations






Back to List of Translations
Print This Document

P-Oklahoma Group062793MichaelsReturn

P-GrupodeOklahoma270693ORetornoDeMicael

Traduo da Transmisso de 27 de Junho de 1993, Recebida na Cidade de Oklahoma

O RETORNO DE MICAEL

RondEL:

Ol para cada um e para todos. Novamente nos encontramos, trocando idias com planos para reacender o amor do Pai dentro de vs. Viemos novamente para ajudar a cada um aqui nesse desafio. Reconheamos pelo menos que algumas vezes o caminho um pouco obscuro. Eu gostaria de provocar algumas idias em vosso estado mental.... (inaudvel).... sobre o reconhecimento da Segunda Vinda de Micael. Estais vs a par do planejamento e do tempo associados a esse evento notvel? Isto quer dizer que a vossa preparao durante os meses passados vem favorecendo a vinda de Micael a Urntia, e gostaramos de saber como, no mais profundo de vossos pensamentos, concebeis a concretizao desse evento. Se cada um puder falar por si s, do cantinho de vossas mentes que necessita ser explorado, ns vos auxiliaremos em vossas inquietaes, alegrias e medos.

M: Qual exatamente a questo? Temos cincia do planejamento e da data da.....(volta de Cristo)?

RondEL: Meu querido, ns queremos explorar a vossa compreenso sobre a Segunda Vinda de Micael, influenciada pela vossa preparao que vem ocorrendo durante os ltimos meses. Ns vemos que talvez os vossos coraes, mentes e almas tenham sido preparados medida que vs vos engajais em atividades como essa e portanto o aparecimento de Micael em Urntia tenha sido favorecido. Ns no buscamos sentimentos, mas ao invs disso, percepes dessa verdade.

D: No sentimentos, mas percepes?

RondEL: Ns somente queremos neste momento do tempo residir em vossos pensamentos a fim de refrescarmos as nossas percepes para que possamos continuar a esclarecer-vos, de modo que elas sejam adequadas para vs como indivduos.

S: Eu falarei sobre essa questo apesar de no ter certeza plena de compreend-la. Eu acredito que a Segunda Vinda de Micael ocorrer quando cada um de ns, atravs do engajamento dedicado Misso Instrutora, chegar ao pice de nossa habilidade de servir Micael qualquer que seja o modo que Ele escolher para servi-lo. E acredito que tambm nos ser dito pelos instrutores quando isto estiver acontecendo e quando a segunda vinda de Micael estiver prxima. Falando somente por mim, acredito que quando eu conseguir me aproximar de cada um que eu encontrar com total amor incondicional e quando cessar a dor em meu corpo devido conteno emocional ou qualquer outra conteno, eu acredito que naquele momento estarei pessoalmente capaz de servir completamente a Micael, MI (Misso Instrutora) e a meus irmos humanos.

RondEL: Neste momento ns recebemos a sua resposta e tentaremos responder a todas as expresses de pensamento num nico momento. Assim, se algum do grupo desejar expressar-se aqui, ns ouviremos atentamente.

D: Eu gostaria de compartilhar um temor. Acredito, tanto quanto posso acreditar, que Micael ir realmente retornar. Sinto que poder ser dentro do perodo de minha vida fsica. Espero estar consciente quando isso acontecer. Oro para que eu possa servi-Lo em Suas realizaes. Mas temo que Sua presena no venha ao meu conhecimento. Receio que eu seja solicitado a servir algum que eu no reconhea ser Micael. E ainda tenho medo de que me seja solicitado desapegar-me e temo que no desistirei de coisas como, por exemplo, a minha famlia.

RondEL: Obrigado por sua resposta provocativa. Ns responderemos a todas essas questes depois que outros tiverem falado.

C: RondEL: Eu no tenho recebido nenhuma resposta interna s questes que vs levantastes e tentei evitar especulaes sobre quando Micael poderia retornar. Eu somente sei o que li nas transcries e que no so especialmente claras quanto data. Gostaria de dizer ainda: realmente no sei como responder s vossas perguntas, no tenho uma resposta. Eu compartilharia, se pudesse.

RondEL: Meu carssimo aluno, vejo verdade e integridade em vosso corao sensvel. Sob circunstncia alguma ns vemos falta ou erro e desejamos aplaudir a vossa honestidade. Mantenhais-vos abertos e tenho a certeza que muitos pensamentos comearo a emergir.

M: Eu estou a meio caminho entre os ensinamentos de Urntia e os ensinamentos da Bblia e no tenho conhecimento do que o Livro de Urntia fale sobre a Segunda Vinda de Micael, ou de Jesus. No sei se poderei responder a vossa pergunta, acho que sou muito novo ainda para isso.

RondEL: Surgiram alguns questionamentos desde que comeaste a leitura?

M: Questionamentos sobre o que?

RondEL: Especulaes sobre a vinda de Micael aqui. Fatos: Quando? Como? O impacto de Sua chegada? Alguns desses questionamentos ou outros?

M: Como vs sabeis eu no somente estou entre o Livro de Urntia e a Bblia, mas tambm estou entre acreditar e desacreditar. E no que concerne a preocupaes, eu me preocupo com o nosso planeta, o nosso ambiente, as nossas condies de vida. Eu me preocupo com o fato de que os seres humanos destruam a vida como a conhecemos. Eu acho que at esse momento no me preocupei com o retorno de Micael.

RondEL: Obrigado, essa informao se juntar ao nosso interesse desse momento.

M: RondEL: Eu compartilho com muitos dos temores de D. Eu gostaria de saber qual o propsito da prxima visita de Micael.

RondEL: E ns procuraremos discutir esse exato propsito depois da ltima resposta.

(longa pausa)

RondEL: Toda informao foi recebida agora e a resposta pode ser encontrada nos braos de vosso salvador, Micael de Nbadon, que em resposta escolheu nos acompanhar neste momento, juntamente com os anjos.

Micael: Bem-vindos em glria, o glorioso espetculo de vosso Filho-Pai, que criou os Seus amados filhos com todo amor e afeto. Sentado numa superfcie acidentada que vs chamais de Urntia, eu vos vejo com deleite e visvel beleza voltados para o meu abrao receptivo. A minha (segunda) chegada, condicionada pelas circunstncias, algumas imprevistas, outras profetizadas, foi localizada num ponto do tempo que na sua justa evoluo pertence a algum lugar entre os prximos cinqenta a cem anos da vida na Terra.

Estou to orgulhoso da disposio de cada um de vs para prosseguir no fluxo espiritual! Isto certamente abriu uma passagem para o Meu iminente retorno. Todavia, independentemente do estado de vosso planeta em termos relativos ao bem estar emocional e espiritual, planejo re-entrar na vossa esfera planetria. Nenhuma disposio de julgamento impedir essa experincia da fonte de luz enviada ao vosso planeta. O banimento do amor na alma de alguns mortais no pode influenciar o meu aparecimento. Na verdade nenhuma fora ou vontade humana pode anular a minha existncia e o meu desejo profundo de chegar em luz. Somente aqueles que procuram a minha vinda encontraro mximo prazer e alegria. No haver engano sobre a minha presena; ela ser inesquecvel e inevitvel. A diligncia para o meu aparecimento foi apresentada pelo vosso sincero mestre RondEL, e isto verdade... (inaudvel).... a ocasio a nica mudana perceptvel sobre o meu aparecimento. O estar aberto para a quietude interna (meditao) faz lembrar {?} a minha presena hoje, a cada uma de vossas partes, e sempre ser assim. Eu sou onipresente.

O xtase a ser vivenciado pode ser encontrado hoje, certamente, em vossa quietude com amor e concentrao. No temais vingana, eu chegarei em amor. Vs me reconhecereis, Eu protegerei aqueles que so suscetveis violao de seu poder por outros que parecem governar pela fora. Eu questiono o papel da imaginao e teria prazer em dispersar quaisquer temores com um simples ato.

Mantende por um momento o meu amor na palma de vossas mos. O amor poderoso incorporado numa viso de simplicidade e pureza pode liberar o ataque violento de projees dolorosas ou de arrependimento, no futuro.

A imagem que forneo dessa vez ser exclusiva para cada indivduo aqui presente. Se for vosso desejo, juntai as mos em concha em movimentos para cima e para frente. Eu derramo na palma de vossas mos um emblema de recordao do meu plano todo-poderoso de amor para meus filhos. Agora, erguei vossas mos, se assim desejardes, e acolhei o meu presente em vossa taa. Foi recebido. Agora, retende-o em vossa memria por um momento. O momento vosso.

Eu venho aqui para dar as boas-vindas aos meus filhos de volta ao lar, que vosso, mas que h muito foi negligenciado. A minha vinda ser para um lugar e tempo inconcebveis para outros em planetas vizinhos e associados.... {fim da fita}...(A esfera) que vs referis como vosso planeta natal est sob custdia. chegado o tempo {palavras no claras...} no qual a minha interveno direta ser necessria para oferecer positivamente a libertao da escravido ao medo e desordem, ao caos e ao veneno. A vossa existncia planetria tem sido to sombria... Se ao menos pudsseis perceber o potencial interno vs encontrareis grande desejo de largar toda carga do passado e todos os smbolos de medo projetados nos vossos futuros. Abraai o Deus dentro de vs e sabei que a minha vinda iminente. Continuai no caminho de mais esclarecimento e eu virei para o vosso lugar de paz. Descansando nas sombras de um dia quente de vero, ns criaremos um novo documento para a maneira de viver (a 2a Comisso Revelatria?).

RondEL: Aqui sou eu, RondEL. Eu gostaria de pedir a cada um de vs para refletirdes por alguns minutos sobre o vosso lugar no Reino infinito de Deus.

Micael: H outros questionamentos ou perguntas no respondidas? Poderei ajudar de alguma forma desta vez?

D: Meu Pai, meu irmo, meu filho, por favor aceitai a minha loucura. H muito mais que eu no entendo. Vs dissestes cinqenta a cem anos; eu entendo que seria entre cinqenta a cem anos a partir de agora. E vs mencionastes um documento na sombra de um dia quente de vero; podereis esclarecer isso por favor?

T/R: Eu sinto Micael derramando muito amor e calor para vs.Micael: Eu falei do tempo (do retorno) e gostaria de expor novamente que o evento ocorrer dentro de cinqenta a cem anos humanos. O espao de tempo poder confundir o vosso senso de relao exata do tempo, mas na minha existncia h muitas variveis a serem consideradas. Por isso a aparente distncia no tempo equiparada a medidas exatas e precisas. Perdoai o meu sentido do tempo. Comparai isso com a relao de tempo para crianas quando vs falais de umas frias longas que podereis estar passando no futuro. Se explicardes s crianas em termos de meses e anos isso poder confundi-las, ainda que possa fazer bom sentido para a vossa mente madura. Permiti muito critrio quando Eu inicio uma tentativa de explicao sobre o tempo. Por favor ficai cientes de que tudo o que fizerdes, seja para a poca de minha Segunda Vinda ou no, ser registrado como energia positiva que auxiliar a minha vinda. E saibais que o vosso conhecimento sobre mim estar sempre aumentando at que nos encontremos uns aos outros, aquecendo-nos na luz do Pai.

A respeito de documentos Eu me refiro possibilidade de se mudar o centro de interesse da histria de vida de uma pessoa. Estareis interessados num longo dilogo comigo a respeito de possibilidades e alegrias inesperadas?

D: Certamente

Micael: Realmente. Eu terei prazer nisso tambm. Conhecer-vos me trar verdadeiro prazer. Eu abarco as possibilidades de cada um de meus filhos e gostaria de sempre ter tempo para dilogos.

{Intervalo de 20 minutos}

Micael: Continuando as discusses para discernir o verdadeiro impacto de minha vinda a Urntia: Com uma to afortunada oportunidade eu gostaria de eliminar as questes baseadas no medo, e ao invs, detalharia o nosso dilogo embelezando-o com a esperana e o alvio que trarei para aqueles que sofrem sob a escurido.

R: Micael, Eu estava discutindo isso com o meu amigo D. O que faremos em nosso planeta, na vossa Segunda Vinda, com os milhes e milhes de pessoas, que devido a sua ignorncia mas muito mais na sua sinceridade, no seu esforo de aprender sobre Deus e que nem so crists e assim sendo quando Jesus retornar no sentiriam tais pessoas que a religio delas uma religio de segunda categoria e, por outro lado, isso no causaria um orgulho perigoso e talvez falso naqueles cristos que ento declarariam que somente a religio deles a verdadeira religio? Eu acho que eles usariam isto para a sua prpria vantagem. Podereis falar sobre isso?

Micael: Meu filho, que falas da grande necessidade de compreenso, Eu te convido para um testemunho da diversidade do conhecimento criado na luz e na causa da vontade do Pai para esse planeta. Muitas tribos tm criado diferentes concepes do Uno Eterno. Eu criei um beb em um cesto, vulnervel, abandonado e dotado com material espiritual. Todo homem que vive dotado com a energia de vida do Criador. Aps a minha vinda, a compreenso de nossa origem divina guiar todos minha luz. Distino por f resultado da inibio da criatividade. Inescapvel, contudo a concluso de que eu sou o Criador, o potencial dentro de todos os seres. O homem deve se divorciar de sanes que excluam da dotao espiritual aqueles que criaram caminhos religiosos alternativos, mas no obstante aceitveis.

R: Ento bom que estejamos sujeitos a uma nova religio mundial cujas diretrizes vs descreveis, reverenciando a criatividade de cada um, com dotao espiritual e como vs dissestes, aps a vossa vinda todos os homens sero atrados por vossa luz, eu imagino que talvez at aquele tempo teremos a criao ou a revelao de uma nova religio global. Devido perverso de vossos ensinamentos pela Igreja Crist eu no posso imaginar que a religio mundial possa se parecer muito com os ensinamentos ortodoxos da Igreja Crist. Haver uma nova religio global aps a sua vinda?

Micael: O Advento, a vinda de minha fora espiritual, far com que todo mortal dirija a sua ateno para a sua disposio e ao mesmo tempo, as religies todas no mais sero necessrias. Somente devido s divergncias humanas que Eu sou envolvido em novelas ensinadas a discpulos indisciplinados. A minha natureza poderosa, pelo amor emanado, sinalizar a todos a alcanarem e sentirem somente o meu abrao.

R: Vireis s? Trareis outros? Atraireis outros mortais para a vossa revelao?

Micael: Vs, meu filho, fazeis parte de um regimento de mortais que preparam a minha passagem. Os coraes daqueles que eu toco hoje brilharo como estrelas guiando o meu caminho ao Pai... {inaudvel}.

Preparai o caminho para outros estarem preparados e assim por diante. Eu chegarei com o poder das virtudes anglicas, soando trombetas de perdo e esperana eternos. Chegando ao meu lado estaro finalitores e outros de ministrios em formas tais que so inconcebveis para vs neste momento. Contudo, vossos pensamentos estaro impressos com vises de esperana e cenas pitorescas de minha vinda se seguiro. Estejais abertos e receptivos, compartilhai isso tambm com outros em vosso meio. parte da preparao.

S: Micael. eu tenho uma pergunta. Por favor, nos diga agora, nesse tempo, com suas prprias palavras, como devemos nos preparar para a Sua Segunda Vinda? Eu gostaria tamb[em de saber, medida que o tempo passa, se cada um de ns receber instrues especficas do que vs desejais que faamos em preparao para a vossa Segunda Vinda?

Traduzido por Susana em So Paulo, 22 de dezembro de 2004.

FIM