Teaching Mission Translations






Back to List of Translations
Print This Document

P-Abraham010305WoodsCrossGroup

P-Abrao_03.01.05_GrupoDeWoodsCross_o Pai e o indivduo

Grupo de Woods Cross

Instrutor: Abrao (da Bblia)

Tema: o Pai e o indivduo

Data: 3 de janeiro de 2005

Eu sou Abrao. Saudaes, uma bno ver cada um de seus belos rostos aqui esta noite. Sou muito grato por conhecer cada um de vocs e viver com vocs este Tempo de Correo. Ao experienciar o Pai ns crescemos. A relao Pai-filho o caminho para um profundo entendimento espiritual. Oremos.

Pai, ns nos oferecemos a Voc de todas as formas, mente, corpo e esprito. Sabemos que Voc um mestre na organizao e sincronizao da vida, para atrair-nos para mais perto de Voc. Sabemos que Voc pode confortar a solido mortal, assim como a solido da alma. Est entendido que no somos um povo eleito. No somos extraordinrios em nada. Somos simplesmente Seus filhos, fazendo um esforo para ouvir aquela calma e quieta voz interior. Somos filhos com a inteno de seguir a Sua vontade. Vivemos para receber Seu conforto e bondade. Contamos com a Sua sabedoria. Oferecemo-nos a Voc esta noite, para re-focalizar nossas mentes sobre as metas adiante. Pedimos o entendimento da perfeita humildade do Mestre. Somos gratos ao reunir-nos como uma famlia, com Voc cabeceira de nossa mesa. Voc o nosso Soberano, o Pai de todos os pais. Amm.

De vez em quando achamos importante recapitular os objetivos de nossa Misso, importante lembrar por que estamos lutando. Quando ns, indivduos, nos aproximamos de Deus o Pai, isso afeta o conjunto e tem influncia sobre o Supremo Ser. Ao crescermos, o Supremo Ser cresce tambm. O Deus do tempo se est tornando mais Divino e na verdade os reflexos so sentidos aqui na Terra.

Percebo que as pessoas presas s tradies observam o desastre da semana passada (o maremoto da sia) como mais uma prova da Segunda Vinda (de Cristo). Embora esse desastre esteja alm do que as palavras podem descrever como nossa tristeza, h pessoas que o contemplam como uma indicao da nova vida adiante. Muitos cristos esto simplesmente esperando que o Mestre venha e leve Seu povo escolhido para um lugar muito melhor. Esse entendimento lamentvel, para dizer o mnimo. No h palavras que possamos utilizar para mudar a mente dos fundamentalistas cristos. Eles esto onde esto, e graas ao Pai ns estamos onde estamos.

Eu sempre fico intrigado com o plano global do Pai. Ele sempre pode prover um bem final. Enquanto houver eventos mundanos a ocupar nossas mentes, continuaremos a aprender em escala muito menor como indivduos. Para que vivemos? Por que continuamos a lutar, dia aps dia? O que tem mais valor nesta vida? Como as escalas equilibram nossa felicidade ou desespero?

Vejo em minha prpria experincia que o amor tem sido o fator mais importante. Quando tudo mais se vai, apenas o amor parece real. No me refiro s emoes do amor, mas sua energia. O amor no um vnculo, mas uma energia motriz, uma fora viva que podemos realmente perceber alm dos cinco sentidos.

Ao crescer em maturidade espiritual, voc percebe o amor alm de sua famlia biolgica. Voc pode amar sem vnculo emocional, contanto que o Pai permanea seu Soberano, sua Primeira Fonte e Centro. As pessoas parecem vir e partir, mas o amor que faz a diferena. O amor cria recordaes, e elas so energias vitais.

Esta semana podemos refletir sobre o amor do Pai. Como somos em nossas vidas semelhantes ao Pai? Quo semelhante ao dEle o nosso amor pelos outros? Embora estejam acontecendo fatos alarmantes pelo mundo afora, por favor no se deixem levar por eles. Mantenham a vida simples e pequena quer dizer, administrvel. medida que o mundo muda, ns (Seres Celestiais) precisaremos mais de sua ajuda, e para isso vocs precisam ter os ps no cho e continuar suas tarefas. Durante esta semana, encontrem tempo para estudar sobre o Pai e o indivduo. Isto tudo. No haver perguntas esta noite, talvez na prxima. Saibam que tenho crescente amor por cada um de vocs. At a prxima vez, Shalom (Paz).

Traduzida por Frederico em Braslia, 16 de janeiro de 2005.

END